Loading...

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Pós Graduação em ENGENHARIA E SEGURANÇA DO TRABALHO – TURMA V

FACULDADE INTERAMERICANA DE PORTO VELHO - UNIRON
069 99761895  - 37335554 - http://www.uniron.edu.br/
Coordenadora SRM  Josiane Barbosa -  069 99761833 - srm@uniron.edu.br
NUPPEX@UNIRON.EDU.BR
Coordenadora de Pós Graduação: Profa. Valdira A.M. Nina lee de Sá

CRONOGRAMA DE ENGENHARIA E SEGURANÇA DO TRABALHO – TURMA V
(AULA MENSAL) – Sexta 19 ás 22 horas e  Sábado das 08 as 12 das 14 as 18 horas esporadicamente aos domingos das 08 as 12 das 14 as 18 horas.
Coordenação técnica Profa. Marta Regina Schaefer Esteves – CREA no. 4340D-RO
Coordenação pedagógica : Profa. Valdira Abreu Magalhães Nina Lee de Sá

Carga horária    -   600 h/a 
Investimento  : 22 parcelas de 400,00

Público Alvo
Engenheiros, arquitetos e agrônomos – obrigatóriamente.
Objetivo
Oferecer aos participantes, um programa de capacitação profissional relativa ao exercício da atividade em Engenharia de Segurança do Trabalho, atualmente com grande demanda no mercado, além de ampliar sua visão e, também, aprimorar seus conhecimentos teóricos e práticos com o intuito de atuar na prevenção de acidentes de trabalho.

Estrutura curricular

CRONOGRAMA DE ENGENHARIA E SEGURANÇA DO TRABALHO – TURMA V
(MENSAL – CAMPUS III)

Nome da disciplina
  Ementa       
Professor(a)
Data
Atuação Técnica em Perícias, Assessoramento e Processos Judiciais
Prova pericial e sua regulamentação legal; os objetos da perícia em higiene e segurança ocupacional e seus campos de aplicação; as bases legais; Conceito de diagnóstico, incapacidade, nexo de causalidade, prejuízo, indenização e compensação; Noções de perícias judiciais nas esferas previdenciária e de seguros privados; Perícias em responsabilidade civil e criminal, caracterização de responsabilidade e avaliação de danos; Noções básicas de perícia médica e de segurança na justiça do trabalho (insalubridade, periculosidade e penosidade) e sua relação com a higiene ocupacional; Trabalho pericial: coleta de informações, vistoria, perícia indireta, avaliação ambiental e elaboração do laudo; Fases e procedimentos nos processos judiciais em relação com o trabalho pericial; Utilização de recursos de informática em perícias e documentação básica;
Maridalva M. Andrade
04/02/2011
05/02/2011
Primeiros Socorros
Princípios gerais de primeiros socorros. Sinais vitais, medidas de prevenção de acidentes. Ações imediatas em situação de emergências e/ou urgências. Primeiros Socorros em situação de emergências e/ou urgências. Aplicação de injetáveis. Técnicas auxiliares nas unidades diagnósticas e terapêuticas. Assepsias.
Thaiana
Camargo
11/03/2011
12/03/2011
Administração Aplicada à Higiene Ocupacional
 Introdução à administração. A administração e a segurança. Métodos e técnicas administrativas aplicadas à Higiene e Segurança do Trabalho. O planejamento e a Higiene e Segurança do Trabalho.
Priscilla Moreira Alves

01/04/2011
02//04/2011
03/04/2011
Concepção e Gestão da Formação

A preparação de uma ação de formação. Ciclo formativo. Itinerário pedagógico. Construtividade pedagógica. Diagnóstico de necessidades. Método de diagnóstico. Construção de programas de formação. Conceito de programa. Regras para definição de objetivos. Construção de estratégias pedagógicas. Técnicas de animação. Meios pedagógicos. A avaliação em formação. Métodos aos diferentes níveis.

Nuno  Pinto Fernandes de Araujo
06/05/2011
07/05/2011
08/05/2011
Técnicas de Controle de Agentes Físicos
·           Princípios de fisiologia e anatomia. Gerenciamento de risco; Noções de avaliação de trabalhadores expostos ao ruído. Curvas de compensação audiométricas; Interação de ruído e agentes químicos; Instrumentação: estudo dos ambientes de trabalho através de medidores de níveis de pressão sonora e de dosímetros individuais; Metodologia de avaliação ambiental de ruído; Vibração de baixa freqüência de corpo inteiro e de alta freqüência localizada; Instrumentação: estudo dos ambientes de trabalho através do uso de acelerômetros; Medidas de controle de vibrações: uso de amortecedores, manutenção de equipamentos; Manuseio e utilização de equipamentos de medição.Classificação das radiações ionizantes. Características e usos; Noções de avaliação de trabalhadores expostos às radiações ionizantes; Exposição, interação com a matéria biológica, efeitos estocásticos e não estocásticos, efeitos agudos e crônicos, relações dose-efeito e dose-resposta; Instrumentação: estudo de dosímetros individuais e detectores utilizados na medição de radiação; Metodologias de avaliação ambiental de radiações ionizantes utilizando medidores portáteis de RI; Noções de avaliação de trabalhadores expostos a radiações não-ionizantes; Exposição, interação com a matéria biológica, efeitos agudos e crônicos, relações dose-efeito e dose-resposta; Avaliação da exoisução. Instrumentacão: detectores de radiação não-ionizantes; Estratégias de controle: medidas de engenharia (absorvedores, refletores, barreiras, enclausuramento, etc.); Metodologias de avaliação ambiental de radiações não ionizantes através da utilização de medidores portáteis de RNI; Estudos das metodologias de avaliação dos erros de iluminação; Instrumentação. Estudo dos medidores de níveis de iluminamento (luxímetros); Medidas de adequação dos níveis e demais características do iluminamento às necessidades de cada ambiente/posto de trabalho: lay-out, projetos de iluminação e manutenção. Estudo da NBR-5413; Metodologias de avaliação de níveis de iluminância e iniciação a projetos de iluminamento e às demais medidas de controle das condições de iluminamento;Instrumentação: estudo dos termômetros de bulbo seco, bulbo úmido e termômetro de globo, anemômetros; Metodologias de avaliação ambiental de calor através da utilização dos métodos: IBUTG; Avaliação da exposição: análise das formas de organização do trabalho e das atividades desenvolvidas em ambientes submetidos a pressões diferentes pressão atmosférica.
Ailton Pacheco
20/05/2011
21/05/2011
22/05/2011
Sistema de Qualidade em Higiene e Segurança do Trabalho
Conceito de definição de qualidade total; Princípios e bases legais da qualidade total; Grupos de qualidade, reuniões e ferramentas de trabalho; Normas internacionais e certificação; Auditoria; Qualificação dos Serviços de Higiene e Segurança Ocupacional; Conhecer e interpretar normas internacionais de sistema da qualidade ISO 9000; Conhecer e interpretar normas internacionais de sistemas de gestão ambiental - ISO 14000; Conhecer e interpretar normas internacionais de sistemas de gestão de segurança do trabalho -  OHSAS 18000;

Thaiana Camargo
03/06/2011
04/06/2011
Proteção de Combate contra Incêndios e Organização de Emergência
Norma Técnica Brasileira. Segurança do Trabalho. Acidentes de trabalho: formas; tipos; aspectos humanos, sociais e econômicos; condições e atos inseguros; analise e estatística de acidentes. Controle do ambiente. Proteção coletiva e individual: equipamentos. Prevenção e combate de incêndios. Classes de incêndios. Noções gerais de arranjo físico de locais de trabalho. Segurança no projeto. Normatização e legislação especificas. Introdução. Fenômeno do fogo. Riscos de incêndio. Organização da segurança contra incêndios. Serviços de segurança: responsabilidade e funções. Dimensionamento de recursos. Proteção estrutural. Localização e utilização de equipamentos. Características dos EPI. Organização de emergência: máquinas, eletricidade e químicos. Planos de Emergência e Evacuação. Aspectos complementares. Informação, formação e treino. Enquadramento legal
Mirvaldo Moraes
08/07/2011
09/07/2011
10/07/2011
Legislação Aplicada à Higiene e Segurança do Trabalho
Diretrizes básicas nacionais e internacionais de proteção à saúde do trabalhador; Consolidação das Leis do trabalho – CLT: Legislação de proteção à saúde do trabalhador; benefícios previdenciários. Portarias do Ministério do Trabalho. Responsabilidade Civil e criminal; CAT. Indenização/aposentadoria. Constituição: Normas Regulamentadoras. Seguridade social, previdência social, benefício previdenciários, legislação previdenciária de proteção à saúde do trabalhador, indenização, aposentadoria; Fiscalização dos locais de trabalho; Leis específicas: CLT, cap. V.; Portaria 32147/78 e Normas Regulamentadoras; Atribuições do higienistas ocupacional do trabalho, do
Engenheiro e arquiteto de segurança do trabalho; Insalubridade, periculosidade e penosidade; Manutenção do registro com finalidade legal.
Fernando
05/08/2011
06/08/2011
07/08/2011

Higiene e Saneamento do Meio Ambiente
Conceituação. Poluição do ar, das águas e do solo. Poluição sonora. Águas de abastecimento. Controle de artrópodes e roedores. Poluição ambiental por pesticidas; Legislação ambiental. Poluição da água, do ar, do solo relacionada às atividades do homem e o desequilíbrio ecológico; Saneamento nos locais de trabalho: alimentos, escolas, indústrias e situações emergenciais. Abastecimento e tratamento d´água. Requisitos da qualidade da água para consumo. Controle, tratamento e eliminação de resíduos (domésticos e industriais) líquidos, sólidos e emissões gasosas; Controle de vetores: artrópodes e roedores
Andrea D. Moreira Pavão

09/09/2011
10/09/2011

Introdução à Segurança do Trabalho.
Atribuições do profissional de segurança do trabalho; Visão do mercado de trabalho para a Segurança do Trabalho sob a ótica do Engenheiro e Técnico de  Segurança do Trabalho; Conceito de acidente do trabalho e os instrumentos, técnicos e políticos, utilizados em sua prevenção (mapas de risco, inspeções e auditorias de segurança, etc.); Metodologias de investigação e análises de acidentes; Riscos potenciais (explosões, incêndios e eletricidade); Segurança na construção. Equipamentos de trabalho. Riscos de acidentes: riscos por arranjo físico, em máquinas sem proteção, ferramentas inadequadas, etc.: ocorrência e prevenção; Noções gerais de Equipamentos de Proteção Individual e Coletiva; Análise de segurança de tarefas; Uso de registros; Técnica de reconhecimento de risco; Elementos de programa de segurança; Avaliação de performance em segurança. Organização da segurança do trabalho na empresa: seleção e treinamento; Segurança do trabalho na empresa. Causas e conseqüências dos acidentes de trabalho.  Introdução à análise de riscos. Riscos do meio envolvente e do local do trabalho. Movimentação manual e mecânica de cargas. Trabalhos em altura e trabalhos em espaços confinados. Outros riscos especiais.
Maridalva M. Andrade
07/10/2011
08/10/2011
09/10/2011
Tecnologia de Controle de Agentes Químicos
Ocorrência destes agentes em ambientes de trabalho: produtos de uso industrial, resultantes de reações ou processos e sua ocorrência como impurezas; Doenças ocupacionais características e sua incidência. Conceito de fração inalável, torácica e respirável; Avaliação ambiental de gases, vapores e aerodispersóides; Conservação e transporte de amostras. Técnicas analíticas geralmente utilizadas na determinação destes compostos; princípios básicos, usos e limitações. Validação de metodologias para a avaliação de contaminantes químicos. Controle de qualidade em química analítica. Interpretação dos resultados: Considerações sobre LTs; Avaliação da exposição ocupacional a gases e vapores. Conceito de exposição total (inalação, absorção dérmica e ingestão); avaliação de métodos e processos de trabalho e sua influência sobre a exposição ocupacional a agentes químicos; Princípios de monitorização biológica; definição, usos e limitações, validação do indicador biológico. Interpretação de resultados; considerações sobre os LTBs; Calibração de equipamentos. Utilização da “Folha de Campo”; Procedimento a ser adotado no trabalho de campo; Preparo das amostras para análise;
Antonio Marrocos
04/11/2011
05/11/2011
Psicologia Comportamental do Trabalho e Ética Profissional
Noções de psicologia. Características da personalidade. Aspectos psicológicos da seleção pessoal. O treinamento: sua importância na Higiene e Segurança do Trabalho. Habilitação de pessoal especializado. Grupos: conceitos, tipos e características. As diferenças individuais e o grupo. A negociação como fator das relações interpessoais. Relacionamento multidisciplinar. Motivação. Liderança – Importância na organização e na segurança. As organizações: conceitos e importância. Valor como atitude diante do mundo. Equipes e processo de trabalho. O papel do técnico e auxiliar de enfermagem do trabalho e na organização, saúde e segurança do trabalho. Técnicas de entrevista e trabalho em grupo. Estudo dos problemas éticos dos profissionais ligados à higiene e segurança do trabalho.
Fabíola Araujo
02/12/2011
03/12/2011

Noções de Estatística
Técnicas de contagem: Freqüência e probabilidade. Intervalos de confiança. Controle estatístico de qualidade. Introdução a fiabilidade.
Dr. Norton
03/02/2012
04/02/2012
Tecnologias de Controle dos
Agentes Biológicos
Princípios básicos de microbiologia e parasitologia; Características das doenças transmissíveis, não transmissíveis e agravos à saúde; Componentes do quadro infeccioso; Doenças que afetam, os trabalhadores de hospitais e clínicas e doenças que afetam os trabalhadores industriais; Atividades que envolvem agentes biológicos, cuja insalubridade é caracterizada pela avaliação qualitativa.
Renato Freire Júnior
03/03/2012
04/03/2012
05/03/2012
Noções e Avaliações de Controle de Riscos Profissionais
Arranjo físico. Superfícies de trabalho e estruturas diversas. Manuseio, armazenagem e rotulagem de materiais. Equipamentos de guindar e transportar. Ferramentas manuais e motorizadas. Máquinas e equipamentos. Motores e bombas. Equipamentos sob pressão. Soldagem e corte a quente. Correntes e descargas. Segurança na construção civil. Segurança no trânsito. Equipamentos de proteção individual.; Metodologias de avaliação de riscos: métodos quantitativos e qualitativos de estimação de riscos. Técnicas indutivas e dedutivas. Fatores relacionados com as instalações e os locais de trabalho. Fases de avaliação de riscos. Medidas de prevenção e proteção. Medidas de engenharia e organizacionais. Equipamentos de proteção individual e coletivo. Sinalização de segurança. Segurança no projeto. Situação de perigo grave e eminente. Controle da execução de medidas. Técnicas de avaliação de eficácia. Estudo de casos.
Tito Dias Junior
http://lattes.cnpq.br/7031004670748445

06/04/201207/04/2012
Doenças Ocupacionais
Estudo de causa e efeito no processo saúde/doença no trabalho; Caracterização das doenças ocupacionais por sistemas afetados, causas e conseqüências; Absenteísmo: causas e conseqüências; Exames: admissional, periódico e demissional; Doenças ocupacionais cardiovasculares, comportamentais/mentais, dermatológicas, aparelho locomotor, doenças respiratórias crônicas, câncer, intoxicações ocupacionais; Fatores individuais modificadores da suscetibilidade às doenças e acidente do trabalho; Prevenção de doenças e acidentes do trabalho.
Fátima Queiroga
04/05/2012
05/05/2012


Metodologia da Pesquisa
Estudando a ciência através dos tempos; metodologia cientifica; metodologia da execução da pesquisa; projetos de pesquisa; escrevendo a ciência: estrutura de monografias, dissertações, teses e artigos científicos; normalização para a redação do trabalho cientifico; formas usuais de apresentação de trabalhos científicos.
Valdira Abreu Magalhães Nina Lee de Sá
01/06/2012
02/06/2012
Noções de Ergonomia e Fisiologia do Trabalho
Fisiologia do trabalho. Pesquisas ergonômicas. Dados antropométricos e biomecânicos. Projetos de área de trabalho; Introdução à ergonomia: histórico, conceitos, campos de atuação no trabalho, modalidades de intervenção, noções de carga de trabalho físico, cognitivo e afetivo-emocional; Tarefas manuais repetitivas e estudo de casos; Dimensionamento do posto de trabalho: arranjo físico, análise do trabalho, antropometria estática e dinâmica, posturas e movimentos adotados para o trabalho; Organização do trabalho: ficção e realidade do trabalho operário; Posturas no trabalho e sua relação com a saúde. Conceito de bases. Ergonomia como ciência multidisciplinar. Contributo da antropometria, fisiologia, psicologia e outras ciências. Layout. Meio ambiente. Instrumentos. Análise ergonômica do trabalho: tarefa, actividade, variações, regulação e compromissos. Conseqüências do trabalho: ao nível do operador e do sistema produtivo. Equipamentos dotados de visor. Ergonomia em diferentes contextos: aplicações. Relações específicas do trabalho estático e dinâmico com os sistemas e aparelhos: trabalho físico, muscular, nervoso, circulatório, respiratório, renal, locomotor e órgãos dos sentidos. Biótipo e trabalho. Fadiga, estresse e adaptação. Rendimento do trabalho muscular, freqüência cardíaca. Posto de trabalho: análise do trabalho, arranjo físico do posto de trabalho.
Priscila Moreira Alves
Fabiana Silva de Souza
06/07/2012
07/07/2012
Gestão de Projetos e Processos Tecnológicos
Edificações. Instalações industriais. Exigências contratuais de segurança com empreiteiros. Novos produtos. Análise de planos de processo em estágio de projeto e em estágio operativo; Princípios de detecção de geração de agentes e localização de fatores de risco; Processos tecnológicos: metalurgia; siderurgia; mineração; têxtil; química; plásticos; minerais não metálicos; madeireiros; geração, transmissão e distribuição de energia elétrica e prestação de serviços;
José  Carlos de Arruda
http://lattes.cnpq.br/2997372960255327
03/08/2012
04/08/2012
Bioestatística e Epidemiologia Ambiental e Ocupacional
Epidemiologia: conceitos, objetivos e uso na saúde do trabalhador; Delineamento da pesquisa; Vigilância e medidas epidemiológicas: organização, funcionamento e importância; Risco; Vigilância epidemiológica em saúde ocupacional; Softwares utilizados em epidemiologia; Estatística aplicada; Medidas de controle das doenças; O processo saúde-doença. História natural da doença. Níveis de prevenção das doenças. Estrutura epidemiológica e casualidade. Indicadores de saúde: medidas de morbidade, mortalidade. Investigação epidemiológica.
Maryela de Oliveira Menacho
07/09/2012
08/09/2012
10/09/2012
Orientação ao Trabalho de Conclusão de Curso
Escolha do tema, orientação na construção da hipótese de trabalho, acompanhamento da elaboração do artigo monográfico. Artigo científico.
Valdira Abreu Magalhães Nina Lee de Sá -  Nuno Pinto Fernandes de Araújo
05/10/2012
06/10/2012
07/10/2012
09/11/2012
10/11/2012